Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

O Verão d'Os Pontos Negros já começou

 

Há dois anos, o primeiro álbum tornou-os numa das bandas mais representativas de uma nova famíla de rock cantado em português - que tem como parentes os amigos da FlorCaveira, Amor Fúria e alguns mais.

 

"Pequeno-Almoço Continental" marca agora o regresso d'Os Pontos Negros e traz algumas mudanças. Em vez da cave de uma igreja batista, as novas canções foram gravadas nos Boom Studios, de Pedro Abrunhosa, em Vila Nova de Gaia.

E Jorge Cruz, um dos elementos dos Diabo na Cruz, substitui Tiago Guillul na produção.

 

A banda de Queluz apresenta o novo álbum esta noite, no Cinema São Jorge em Lisboa, e considera-o mais dançável, pop e variado do que o anterior - "um disco de Verão":

 

 

 

Além de "Pequeno-Almoço Continental", três elementos do quarteto destacam também alguns dos álbuns que tem ouvido ultimamente. O rock, tanto o da editora Amor Fúria como o indie norte-americano, domina a maioria das escolhas:

 

 

Estreia da semana: SAPO Música

 

Embora já tenha surgido há uns dias, o SAPO Música assinala hoje o seu lançamento oficial. E convidou Zé Pedro para ir à redacção cortar a fitinha.

 

O guitarrista dos Xutos & Pontapés, o primeiro editor convidado do canal, catalisou também grande parte dos conteúdos que o site propõe nesta quinta-feira, tanto a sua conversa descontraída como as sugestões de videoclips, artistas ou festivais.

 

Aqui fica o primeiro vídeo com algumas das suas impressões sobre o formato álbum, os contrastes entre o vinyl, o CD e o MP3 ou a importância das actuações ao vivo:

 

 

A continuação da conversa pode acompanhar-se aqui.

 

Pág. 1/6