Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Entretanto, em Benidorm...

 

"Mojito, champanhe/ Margarita para acordar/ Martini, Daiquiri/ Caipirinha para embalar/ Pina Colada/ Bloody Mary para o deitar" é uma enumeração feita pelos Mão Morta em "Estância Balnear", mas também podia ser a lista de consumo mínimo do novo videoclip de Koudlam, visita frenética às noites de Verão de Benidorm. E se "Negative Creep" rouba o título a umas das primeiras canções dos Nirvana, o disparo de palavras repetidas pelo cantor e produtor francês lembra mais "Born Slippy", hino dos Underworld que também causou estragos na pista de dança.

 

O single do projecto de Gwenael Navarro, mais ríspido e menos versátil do que o dos britânicos, dificilmente ganhará estatuto de clássico, até porque a insistência na voz processada e na batida de músculo french touch não é para todos os nervos. Mas também é verdade que no videoclip ninguém parece queixar-se, num daqueles casos em que música e imagem (esta a cargo de Cyprien Gaillard) dificilmente poderiam complementar-se melhor.

 

Koudlam vai regressar à costa espanhola em meados de Outubro, altura em que edita o seu terceiro álbum, "Benidorm Dream", cuja mistura de techno, trance e electro tem inspiração no "caos arquitectónico" do resort que lhe dá título (além de músico, o parisiense é arquitecto) e não deverá contar com muitos raios de sol. Por agora, "Negative Creep" é o destaque (e a faixa mais pujante) do EP "The Landsc Apes", depois de uma (óptima) colaboração com os conterrâneos Scratch Massive no negrume de "Waiting for a Sign", em 2011.