Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

O primeiro encontro

blanck_mass

 

Já falta pouco para que Benjamin John Power, metade dos Fuck Buttons, edite o terceiro álbum enquanto BLANCK MASS, o seu projecto paralelo a solo. E é legítimo aguardá-lo com expectativa considerável, tendo em conta que "Dumb Flesh" foi um dos grandes discos de 2015 e "D7-D5", tema de quase oito minutos lançado no ano passado, manteve-se entre o hipnótico e o desvastador.

 

"World Eater" chega a 3 de Março, inspira-se no medo e (falta de) esperança contemporâneos e o músico britânico tem avançado que o tom do alinhamento vai da brutalidade ao amor. "Silent Treatment", uma das portas de entrada para o disco, é tão espinhosa como seria de esperar depois do antecessor, mas "PLEASE" consegue acalmar ligeiramente os ânimos (dentro do possível), com um novelo de electrónica circular e vozes distorcidas mais próximo da IDM de Four Tet ou mesmo Burial do que da fúria pouco contida dos Fuck Buttons. O travo alienígena da mistura vai mais longe num videoclip onde outros mundos colidem: