Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

MAIS BLINKS E LINKS

Era suposto ter escrito este post antes, mas como já não tenho tanto tempo para o blog vai só mesmo agora...Obrigado aos responsáveis pelos seguintes blogs/fotolog por me blinkarem:
Acontecimentos
Drowned World/Substitute for Love
Lost by Choice
Madness is a Gift
Movies Universe
mykerider
Resistente Existencial


Já agora, aproveito para agradecer também aos membros do Fórum Cinetuga que me escolheram como "Crítico do Mês" de Novembro. Vamos ver se mantenho a posição...:D

MARIDOS E MULHERES

Baseado em dois contos de Andre Dubus (We Don`t Live Here Anymore e Adultery), a segunda longa-metragem de John Curran aborda o quotidiano das relações conjugais, debruçando-se sobre a temática da traição e da infidelidade. Vencedor do Prémio Waldo Salt - Melhor Argumento no Festival de Sundance de 2004, "We Don`t Live Here Anymore - Desencontros" é mais um dos bons exemplos do cinema independente norte-americano que vai chegando, de forma mais ou menos discreta, a salas portuguesas.


Se outros méritos não tivesse, a película destaca-se de imediato pela carga de talento dos seus protagonistas, Mark Ruffalo, Laura Dern, Peter Krause (da série "Sete Palmos de Terra") e Naomi Watts, quatro nomes em ascensão no universo cinematográfico actual. Embora a obra não apresente nada realmente novo ou de superlativa criatividade - é mais uma perspectiva das dificuldades das relações humanas e da crise de afecto entre dois casais - consegue cativar e envolver devido à considerável química dos actores e à forma credível com que estes interpretam as suas personagens.

O argumento, sóbrio e suficientemente denso, capta as subtilezas do quotidiano e permite entrar no âmago da conturbada esfera emocional dos dois casais, expondo uma complexa teia de comportamentos onde a amizade, o amor e o companheirismo se misturam e confundem. Os apaziguados ambientes rurais do filme escondem uma atmosfera que contém um intenso turbilhão emocional, onde os limites das personagens são testados e a confiança se encontra não muito distante da traição.


Nem sempre é fácil compreender as motivações ou criar empatia com os dois casais, uma vez que o realizador coloca a nú as suas fragilidades e imperfeições, tornando-os, para o bem e para o mal, dolorosamente humanos e verosímeis. De resto, este é um dos pontos fortes do cinema independente norte-americano, que consegue surpreender devido aos soberbos estudos de personagem que frequentemente proporciona. Não é por acaso que alguns momentos de "We Don`t Live Here Anymore - Desencontros" demonstram paralelismos com os recentes "XX/XY", de Austin Chick, ou "Antes do Anoitecer" (Before Sunset), de Richard Linklater, outras meritórias incursões pelo espectro emocional de jovens adultos em crise.


Seco e absorvente, o filme desenrola-se a um ritmo lento, mas não entediante, uma vez que Curran guarda revelações suficientes para manter o interesse e fornece uma intocável direcção de actores (o par Ruffalo/Dern é particularmente excepcional). "We Don`t Live Here Anymore - Desencontros" não efectua o golpe de aza que lhe permita juntar-se às obras geniais, mas também não deixa de ser uma das mais refrescantes estreias do final de 2004, apresentando personagens de carne e osso. Um drama melancólico e consistente, sem excessos melodramáticos nem manobras de sedução fácil.

E O VEREDICTO É: 3,5/5 - BOM

UM PRESENTE DE ALCOBAÇA EM LISBOA

Com um novo disco editado há dias, os The Gift actuarão no Teatro Municipal S. Luiz, em Lisboa, na próxima segunda-feira, numa boa oportunidade para conhecer "AM/FM" ao vivo.

Um dos projectos musicais portugueses mais ousados e criativos, os The Gift encontram-se a promover o seu novo álbum duplo por todo o país.

Dia 6 de Dezembro, "AM/FM" será apresentado em Lisboa, no Teatro Municipal S. Luiz, pelas 21h. Sucessor dos bem-sucedidos "Vinyl" e "Film", o mais recente registo de originais do grupo aposta em múltiplos territórios sonoros, expondo uma mistura de pop, electrónica, rock e até algumas inéditas experiências por domínios r n`b.

Explorando formatos de índole clássica a par de composições mais experimentais, nuns momentos tendencialmente apaziguado e noutros dinâmico, "AM/FM" volta a exibir a vitalidade da banda de Alcobaça e o resultado poderá ser conferido ao vivo na próxima segunda-feira. E eu estou a contar ir :D


Teatro Municipal S. Luiz:
Rua António Maria Cardoso, 38

1200-027 Lisboa

Telefone: 213 257 650

ESTREIAS DA SEMANA - 2 A 8 DE DEZEMBRO

O épico "Alexandre, o Grande", o thriller "Ligação de Alto Risco" e o documentário "Autografia" são os novos filmes em salas nacionais esta semana.


Uma das obras cinematográficas mais aguardadas do final de 2004, "Alexandre, o Grande" (Alexander) marca o regresso de Oliver Stone à realização. Para além do nome do cineasta, o filme tem sido alvo de expectativa devido aos pesos-pesados do elenco, que inclui Colin Farrell (como protagonista), Angelina Jolie, Val Kilmer, Rosario Dawson e Anthony Hopkins. Centrado no percurso de um dos maiores conquistadores da História, "Alexandre, o Grande" possui potencial para se tornar num épico marcante, embora a recepção internacional não tenha sido a mais calorosa. O resultado pode ser avaliado a partir de hoje.

"Ligação de Alto Risco" (Cellular) foca as peripécias de um jovem que recebe uma inesperada chamada telefónica de uma mulher que desconhece e constata que é o único que pode salvar a sua vida. Dirigido por David R. Ellis, este thriller é protagonizado por Chris Evans, Kim Basinger e William H. Macy.


"Autografia", de Miguel Gonçalves Mendes, foi distinguido na última edição do doclisboa com o prémio de Melhor Documentário Português. Centrado na vida e obra do poeta e pintor Mario Cesariny, o filme dá continuidade à tendência de colocar os documentários no circuito comercial cinematográfico. Juntamente com a película, é exibida a curta-metragem "Momentos na Vida de um Poeta", de Carlos Calvé, com Mario Cesariny.

SOU??? ENTÃO ESTÁ BEM...







You Are a Snarky Blogger!






You've got a razor sharp wit that bloggers are secretly scared of.

And that's why they read your posts as often as they can!




What kind of blogger are you?



Bem, como hoje não escrevi nada recorri a um post pré-fabricado (via Me, Myself and I)...E os feriados são para descansar, até porque amanhã será o meu primeiro dia de "trabalho a sério". Um daqueles dias que ficará marcado no meu calendário, portanto (pela positiva, espero)...

Pág. 6/6