Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Mamma mia!

 

Não, este post não é sobre o (pouco entusiasmante) filme centrado nas canções dos ABBA, embora tenha a ver com a banda sueca. Ou melhor, com as imagens de alguns dos seus vídeos devidamente revistas e remisturadas no novo videoclip dos nova-iorquinos Ratatat.

 

O resultado é uma bizarra experiência visual que acompanha "Shempi", o novo single retirado do terceiro disco da dupla, "LP3":

 

 

Ratatat - "Shempi"

 

Há festa na(s) cidade(s)

'Valse Avec Bachir', de Ari Folman

 

Do documentário de animação "Valse Avec Bachir", de Ari Folman, sobre a guerra do Líbano; à comédia dramática "Paris", de Cédric Klapish, com Romain Duris e Juliette Binoche; passando pelo olhar sobre o ensino em "Entre les Murs", de Laurent Cantet; por mais um exemplo do realismo peculiar dos irmãos Dardenne em "Le Silence de Lorna" ou pela excentricidade do não menos idiossincrático Emir Kusturica em "Promets-Moi", a 9ª Festa do Cinema Francês parece ter consideráveis motivos de interesse.

 

Como já é habitual, o evento arranca no cinema São Jorge, em Lisboa, onde se mantém até dia 12 (bem como na Cinemateca e Instituto Franco-Português), passando depois por Almada (de 8 a 12), Coimbra (de 13 a 18), Porto (de 21 a 26) e Faro (de 29 de Outubro a 2 de Novembro).

O cartaz apresenta 25 obras em ante-estreia e este ano tem a particularidade de apostar em mais co-produções francesas com países de todos os continentes (a propósito do Ano Europeu do Diálogo Intercultural).

 

Além das ante-estreias, a secção "Cannes em Portugal" disponibiliza filmes inéditos em Portugal que passaram pela Quinzena dos realizadores nos últimos anos, enquanto que uma outra, "Paris-Lisboa", conta com 10 filmes rodados nas duas capitais.

A programação inclui ainda concertos, debates, uma exposição fotográfica ou a presença de realizadores e actores, tudo devidamente apresentado no site oficial.

 

A sessão de abertura é "Les Femmes de l'ombre", de Jean-Paul Salomé, drama protagonizado por mulheres ambientado na Segunda Guerra Mundial, com início marcado para esta noite às 21h no São Jorge.

 

Estreia da semana: "Yella"

 

Em Portugal têm sido apresentados apenas em alguns festivais, mas pode ser que a partir de agora os filmes de Christian Petzold passem a integrar o circuito comercial. A mudança justifica-se, já que títulos como "Wolfsburg" ou "Gespenster" evidenciaram qualidades que colocam o realizador entre os mais recomendáveis do novo cinema alemão.

 

Mais recente do que esses, "Yella" chega agora às salas nacionais e narra o percurso de uma jovem ambiciosa que abandona uma rotina pouco próspera para se aventurar no mundo empresarial.

Tanto Petzold como a actriz principal Nina Hoss foram nomeados e premiados pelo filme - incluindo distinções como o Urso de Prata em Berlim e o Prémio do Cinema Alemão para melhor actriz -, motivos que reforçam a curiosidade em relação a este drama frio e atmosférico.

 

Outras estreias:

 

"A Promessa", de Chen Kaige

"Destruir Depois de Ler", de Ethan e Joel Coen

"Quando Viste o Teu Pai Pela Última Vez?", de Anand Tucker

 

 

Trailer de "Yella"

 

Pág. 7/7