Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Estreia da semana: "Whisky"

 

"Poucas mas boas" talvez seja uma expressão que se aplique às estreias desta semana, todas produções de raiz independente e com uma apreciável dose de distinções internacionais.

 

"Whisky", por exemplo, tem entre os seus triunfos o prémio de crítica Un Certain Regard, no Festival de Cannes, ou o Goya para o Melhor Filme de Língua Espanhola.

 

Já a chegada do filme às salas nacionais é bem menos triunfal, tendo um atraso de seis(!) anos. De qualquer forma, há quem garanta que "Whisky" faz jus ao título e ainda não passou do prazo de validade, até porque o que tem para contar parece adaptar-se a diferentes períodos ou mesmo geografias.

 

Realizado pelos uruguaianos Juan Pablo Rebella e Pablo Stoll, este drama familiar com toques de humor lacónico centra-se no reencontro de dois irmãos ao fim de 20 anos, seguindo o novelo de mentiras com que um deles condimenta o seu quotidiano para impressionar o outro (incluindo um falso relacionamento amoroso).

 

Igualmente com alguns mistérios por desvendar, mas alicerçada numa intriga policial, a curta-metragem de animação "A Dama da Lapa", de Joana Toste, é também exibida nas sessões de "Whisky".

 

Outras estreias:

 

"A Teta Assustada", de Claudia Llosa

"Louise-Michel", de Gustave de Kervern e Benoît Delépine

 

 

e-Cinema: "Eclipse" tenta levar o troféu do Verão

 

Ver (e ouvir) o sol no Minho

 

"Swim", o novo e terceiro disco do canadiano Dan Snaith - mais conhecido como Caribou - tem sido um dos mais louvados do ano - com alguma justiça, diga-se.

 

A recém-confirmada actuação do projecto em Parades de Coura, a 29 de Julho, apenas abre caminho para reforçar o culto por cá e é mais um argumento para passar por um festival que junta ainda os Prodigy, Dandy Warhols, Klaxons ou We Have Band.

 

Enquanto o concerto não chega, vai-se escutando em loop um álbum que faz sentido ouvir do princípio ao fim. E que tem como provável momento de eleição o viciante "Sun", servido abaixo num videoclip não-oficial:

 

 

Pág. 4/4