Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Lua cheia (e nova)

 

Num ano de regressos de ícones femininos dos anos 80, como Cyndi Lauper ou Grace Jones, Anne Clark é mais um nome a juntar à lista.

"The Smallest Acts of Kindness" é o primeiro disco de originais da cantora inglesa em 12 anos e mantém a combinação de spoken word e electrónica, a mesma que a tornou numa das figuras mais idiossincráticas da pop vanguardista há duas décadas.

 

O cartão de apresentação do novo álbum dificilmente poderia ser melhor, já que o single "Full Moon" deixa intacta a intensidade e arrojo pelas quais a cantora se distinguiu, assim como um olhar atento sobre o mundo. É uma das canções mais hipnóticas e arrepiantes do ano e pode ser conferida no videoclip abaixo:

 

 

Anne Clark - "Full Moon"

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    gonn1000 20.10.2008 01:02

    Tinha o álbum por aqui há uns dias mas só depois de chegar ao (excelente) single, que é das últimas faixas, é que lhe dei mais atenção. Concordo que o disco não tem muito a ver com o primeiro avanço, e sim algumas canções são mais acústicas (algumas com uma aura medieval, parece-me), embora ainda haja electrónica q.b.. Na verdade eu também não tenho muitas memórias da "velhota", não conheço muito da sua discografia mas gosto do que conheço.
    Bons sons :)
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.