Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Febre de sábado à tarde

 

"Julho é melhor que Novembro, lá fora está grande brasa", diz-nos Diego Armés. Este ano nem tanto, convenhamos, mas não é por isso que "Sábado à Tarde", a canção que inclui esta citação, deixa de ser um relato certeiro - e divertido, e muito lisboeta (nem sequer falta a Feira da Ladra) - do dia mais aguardado da semana.

 

Quem o faz são os Feromona no tema de avanço para o seu novo EP, "Aquelas Três", que inclui ainda "1991" e "Ché Guevara Eunuco", outros exemplos de boa convivência entre revivalismo 90s, não só musical (tanto se recordam heróis do grunge como os de "Ruptura Explosiva", de Kathryn Bigelow), um sentido de humor aguçado e um despojamento que já faz parte da imagem de marca do grupo.

 

Gravadas no auditório da Fábrica da Pólvora, em Oeiras, estas três canções estão disponíveis para audição e download gratuito no SoundCloud da banda, mas quem quiser tornar as tardes de sábado dos Feromona mais agradáveis pode optar pelo download no Bandcamp (oferecendo o valor que entender). Como incentivo, aqui fica o videoclip de "Sábado à Tarde":

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.