Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

10 anos, 20 artistas e uma prenda

 

Chegou já no arranque da quadra natalícia, mas ao contrário de tantas compilações da época, que baralham e voltam a dar, a coletânea do Bodyspace tem 100% de material inédito.

 

Para celebrar os seus dez anos, a webzine oferece esta prenda através de um dos lançamentos mais recentes da Optimus Discos - disponível para download gratuito - e junta o resultado de colaborações entre vinte artistas coordenadas por Henrique Amaro. E assim ouvimos por aqui Tiago Sousa & Tó Trips, Stereoboy & Emmy Curl ou The Astroboy & Old Jerusalem, conjugações de um alinhamento que, ao contrário de muitas experiências do género, não tem propriamente tiros ao lado.

 

A ter de destacar algum personal favorite, seria a sequência de Osso Vaidoso & Ghuna X ("Dou-te uma mãozinha com a geometria/ em troca de alguma alegria", canta Ana Deus num ambiente mais eléctrico do que o habitual), RA & Jibóia (num óptimo instrumental industrial que Trent Reznor não desdenharia) e DJ Ride & Capicua (que nos convidam a mudar de vida numa colaboração com um embalo irresistível, a abrir o apetite para um reencontro).

 

Com a febre de listas de melhores do ano já devidamente instalada, um disco destes vale por umas quantas ao juntar parte do mais interessante - e mais diversificado - que se vai fazendo por cá. Além de ser, claro, uma alternativa bem-vinda às inevitáveis compilações da temporada.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.