Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

A cantiga é uma arma, esta mixtape é um cocktail molotov

 

Cidade natal dos Iceage ou dos WhoMadeWho, Copenhaga viu nascer, mais recentemente, uma dupla que, por coincidência ou não, está a meio caminho entre essas bandas. Com a primeira, os Broke partilham uma postura punk, sobretudo pela atitude do it yourself que surge como resposta à suposta uniformização da cultura mainstream local. E tal como os WhoMadeWho, Mads Bergland e Simon Littauer têm na electrónica dançável a sua forma de expressão preferida.

 

"Lifestyle Mixtape", o primeiro longa-duração do duo, disponível para download gratuito no seu site, parte de um electro sujo para chegar a um alinhamento imponente com estilhaços pós-punk, pós-rock ou shoegaze, a lembrar os momentos mais caóticos dos Primal Scream ou uns Delphic e The Shoes menos rendidos à pop. A ideia deste bloco sonoro ruidoso é, dizem os Broke, reflectir a falta de esperança da sua geração - reflexo que começou no próprio nome do projecto, inspirado pela situação financeira de Mads e Simon.

 

Os conterrâneos (e também electrónicos) Spleen United garantem que "Lifestyle Mixtape" foi a melhor edição dinamarquesa de 2012 e alguns momentos, como a trepidação instrumental de "It Sure Is Pretty Green", ajudam a perceber porquê. A canção pode ouvir-se abaixo, numa versão ao vivo, mas antes ficam os videoclips do mais agreste "Let The Youth Go Mad" (o novo single, com a dinamarquesa MØ a fazer bem de Uffie), do também frenético "Out of Existence" e do minimal e robótico "Restless Beach":

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.