Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Regresso old school

 

Com o EP de estreia, "In Search of Manny" (1992), as Luscious Jackson inauguraram, e muito bem, a Grand Royal, editora dos Beastie Boys entretanto falida. Já no final dos anos 90, no delicioso terceiro álbum (o título, "Electric Honey", não engana), deram por terminado um percurso tão esquecido como proveitoso, que começou pelo hip-hop de ambientes nova-iorquinos e não demorou muito a saltitar entre o funk ou a pop electrónica - sempre com uma coolness à prova de bala, parte considerável do seu apelo.

 

De então para cá, Gabby Glaser, Jill Cunniff e Kate Schellenbach foram mães e editaram discos a solo, mas um reencontro em 2011 deixou no ar a hipótese de um novo álbum. "Magic Hour", agora sem editora e nascido do crowdfunding, chega no início de Novembro e já tinha como cartão de visita "Are You Ready?", revelado no ano passado. Tanto no groove como nas harmonias vocais, era uma canção com a assinatura inegável das suas autoras e o mesmo pode dizer-se de "Show Us What You Got", um novo inédito que fica para ouvir no videoclip abaixo. Ambos poderiam ter feito parte de "Natural Ingredients" (1994), o primeiro álbum das Luscious Jackson (enfim, versos como "If your screen is your disease/ Turn it off and join us, please" talvez não tanto) e a banda admite que a intenção é voltar a esses tempos iniciais.

 

A julgar por estas amostras, um "Natural Ingredients II" não será propriamente mau mas quase 15 anos de espera pediam mais do que canções requentadas, embora simpáticas (sobretudo quando vindas de um grupo que nunca se repetiu de disco para disco). Só para contrariar, já se pode ouvir um terceiro inédito, o mais denso "So Rock On", que traz finalmente algum sabor a novidade - ao cruzar batidas dubstep e cordas -, por isso é legítimo contar com outras surpresas no alinhamento. Enquanto não chega o dia da tal "Magic Hour", ficam aqui mais quatro videoclips além do novo, regressos ao EP e aos três álbuns (todos diferentes, todos aconselháveis):

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.