Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

A idade do gelo

Maud Geffray.jpg

 

"A Lagosta"? "A Agente Vermelha"? Esses filmes são só duas pistas possíveis para o novo videoclip de MAUD GEFFRAY, o terceiro retirado do álbum de estreia da francesa - "Polaar", editado no ano passado.

 

Depois da faixa homónima do disco e de "Forever Blind", a cantora e produtora (um dos elementos dos Scratch Massive) aposta agora em "ICE TEENS", instrumental electrónico de boa colheira, a lembrar algumas sugestões dançáveis de uns GusGus.

 

Numa altura em que Geffray também se tem destacado numa colaboração com os Slove, fica aqui um novo motivo para (re)descobrir uma das estreias aconselháveis de 2017, desta vez com acompanhamento visual. Dirigido por Thomas Vernay, o videoclip é uma ficção distópica q.b. centrada numa instituição totalitária, e composta apenas por mulheres, que de acordo com o realizador expõe os absurdos do pensamento único e de ideologias que não deixam espaço para qualquer questionamento. A abordagem, directa ao assunto, vai bem com o pragmatismo rítmico da música:

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.