Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Assim renascem umas estrelas

FONTAINES-D.C._photo-credit-Theo-Cottle.jpg

"Skinty Fia", parte 2, a caminho? Longe disso, diz o novo single dos FONTAINES D.C.. Apesar de o terceiro álbum dos irlandeses, editado em 2022, ter vincado o seu pico criativo (e comercial) até agora, o disco sucessor promete ser radicalmente diferente.

"ROMANCE", o quarto longa-duração do grupo, agendado para 23 de Agosto, diz logo ao que vem com a sonoridade inesperada de "STARBUSTER", o single de apresentação. Cruzamento de ambientes tensos e harmoniosos, inspira-se num ataque de pânico do vocalista, Grian Chatten, em Londres, e vai deixando para trás o pós-punk enquanto se aproxima do hip-hop.

Entre cordas, piano, sintetizadores e percussão imponente, sugere uma derivação (inspirada) das experiências que uns Kasabian ou Audio Bullys andavam a fazer no reino de Sua Majestade na viragem do milénio. As influências do álbum avançadas para já, no entanto, incluem Shygirl, Sega Bodega, Mos Def, OutKast ou Prodigy, além de "Akira", a manga seminal de Katsuhiro Otomo.

ROMANCE.jpg

O disco, tal como os antecessores, debruça-se sobre as ideias de idealismo e romance, agora de uma perspectiva mais distante de Dublin - a banda mudou-se para a capital britânica entretanto. É o primeiro do grupo produzido por James Ford (Arctic Monkeys, Depeche Mode) e também o que marca a estreia na XL Recordings (casa dos Radiohead, The xx ou Burial), além de dar o mote ao próximo concerto em palcos portugueses: no Festival Vodafone Paredes de Coura, a 17 de Agosto.

O elo mais fraco, para já, parece ser mesmo a capam que pode ser vista na imagem acima (fica por esclarecer como é que foi aprovada)... Em contrapartida, o videoclip dirigido por Aube Perrie alia muito bem pujança visual e musical: