Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Da Áustria com amor

Love Good Fail

 

Graças a nomes como Kruder & Dorfmeister, Tosca ou Sofa Surfers, Viena ameaçou tornar-se um polo de novidades da música de dança em finais da década de 90, mas o interesse internacional pela produção austríaca nesse departamento acabou por arrefecer quando o downtempo passou de fenómeno trendy a requentado - e de mais uma nova tendência remetida a nota de rodapé da sua época.

 

Ainda assim, uma editora como a Seayou Records comprova que, anos depois dessa chamada de atenção, continuam a não faltar novidades nascidas na Áustria. Mynth, Monsterheart, Squalloscope, Onwe ou Thieves Like Us (estes ligeiramente mais populares fora de portas) são algumas das apostas de um catálogo que acolhe agora a chegada dos LOVE GOOD FAIL, trio que também se aventura pela pop electrónica.

 

Como o passado não ficou completamente lá atrás, Wolfgang Schlögls, ex-elemento dos Sofa Surfers mais conhecido como I-Wolf, assegura a produção do álbum de estreia da banda de Johanna Prechtl (voz), Johannes Pobitzer (programações) e Maria Tunner (teclas). "We Met at Night" está agendado para 8 de Junho e conjuga influências da escrita de Oscar Wilde e da música de David Bowie ou John Cage, lado a lado com heranças house ou dub, avança o grupo.

 

O primeiro single, no entanto, sugere audições de Lykke Li (dos primeiros tempos), El Perro del Mar ou da mais esquecida Stina Nordenstam, ao seguir por uma indie pop de travo nórdico que alterna acessos oníricos com apelos dançáveis. E é bem promissor, este "POOLBOY":