Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Mar salgado

Kazu.jpg

 

Kazu Makino tem sido, há mais de 25 anos, a voz principal dos Blonde Redhead, embora também a tenhamos ouvidos ocasionalmente em canções dos Battles, Trentemøller, Prefuse 73 ou Nosaj Ting. Mas 2019 promete ser uma data especial para a cantora e multi-instrumentista japonesa, com o lançamento do seu primeiro álbum a solo, "Adult Baby", que é também o nome da sua nova editora.

 

O disco não deverá chegar antes do último trimestre, embora "SALTY", o primeiro single, já deixe antever o que esperar do registo assinado apenas como KAZU. Se o timbre, agudo q.b., é tão familiar como nas canções dos Blonde Redhead, esta amostra inicial dispensa por completo as guitarras - presença recorrente na música dos nova-iorquinos -, optando antes por ondulações rítmicas a cargo de sintetizadores e percussão (com um novelo instrumental que não anda longe das texturas mais etéreas e circulares de Fourt Tet).

 

Apesar de se aventurar em nome próprio, a japonesa não está sozinha, uma vez que Ryuichi Sakamoto e os bateristas Mauro Refosco (membro dos Atoms for Peace, além de colaborador dos Red Hot Chili Peppers ou David Byrne) e Ian Chang (músico dos Son Lux e Landlady) acompanham-na ao longo do alinhamento. Já Paride Ambrogi filmou-a na Ilha de Elba, em Itália, onde passa parte do ano, para um videoclip à beira-mar - e a sugerir um disco mais soalheiro do que aqueles a que costuma dar voz: