Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

O dance-punk não morreu

Death From Above 1979.jpg

2021 ou 2001? O novo single dos DEATH FROM ABOVE 1979 poderia ter saído há cerca de 20 anos, altura em que a dupla canadiana ajudou a conciliar o rasgo do punk com um embalo rítmico a pedir uma pista de dança. E não há mal nenhum nisso: "ONE + ONE" não terá o factor surpresa dos hinos do álbum de estreia, "You're a Woman, I'm a Machine" (2004), mas é um regresso eficaz e bamboleante enquanto propõe mais um braço de ferro entre o baixo de Jesse F. Keeler e a bateria de Sebastien Grainger.

O tema acende o rastilho para "Is 4 Lovers", o quarto disco, sucessor de "Outrage! Is Now" (2017) e anunciado esta quinta-feira - chega a 26 de Março. Em comunicado, o baterista descreve o primeiro single como um sucessor de "Romantic Rights", um dos temas do registo de estreia, embora os últimos minutos da canção também sugiram audições atentas dos Strokes. Não que a aproximação comprometa a assinatura sonora do duo, como se pode ouvir num videoclip performativo e em cenário campestre, inspirado pela fotografia de David Hockney: