Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Parar é morrer

bleached

 

"Ride Your Heart" (2013), a estreia das BLEACHED, não era o álbum mais original do mundo. Antes pelo contrário, era mais um a fazer uma vénia aos girl groups dos anos 50, repensada em contexto indie rock, na linha do que fazem ou fizeram umas Dum Dum Girls, Best Coast ou Vivian Girls sem chegar aos melhores momentos destas. Mas ainda era uma amostra promissora das capacidades das irmãs Jennifer e Jessie Clavin, ex-Mika Miko, com uma mão cheia de melodias e harmonias vocais que iam ficando no ouvido.

 

Três anos depois, e agora em formato trio, ao lado da baixista Micayla Grace, as californianas não parecem ter perdido o jeito para singles despachados, directos ao assunto, e refrãos fortes. "KEEP ON KEEPIN' ON" é uma rajada de três minutos e meio a convocar palmas, segundas vozes e teclados carregados lá para o final, que destoam q.b. do molde talvez demasiado reconhecível do arranque, marcha garage pop comandada por guitarra e bateria.

 

A dupla Clavin garante que o grupo foi a sua tábua de salvação durante um período atribulado, tanto no plano amoroso como no doméstico, e traduziu parte desses episódios para o disco a editar dia 1 de Abril. O single trata de abrir o apetite com um incentivo à resiliência, numa canção urgente e com garra sem precisar de abdicar do charme. A atitude continua no videoclip, montra para um trio em modo imparável:

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.