Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Um protesto brega wave com tolerância zero

Romero Ferro.jpg

 

É uma das revelações da pop brasileira e acabou de editar um álbum que ainda vai a tempo de se juntar à banda sonora deste Verão. Originário do interior de Pernambuco, ROMERO FERRO cresceu a ouvir conterrâneos como Cazuza, Lenine ou Rita Lee enquanto idolatrava estrelas internacionais, de Madonna aos Queen, passando por David Bowie - que aponta como uma das suas maiores referências.

 

No EP "Sangue e Som" (2013) e no álbum "Arsênico" (2016), o cantor e compositor movimentou-se entre heranças da MPB e alguma soul, disco e rock, mas o recém-editado "FERRO" propõe uma viragem sonora que tanto deve às canções populares românticas do Recife como aos ritmos da new wave.

 

Ferro.jpg

 

Desta mistura saiu um álbum que o brasileiro define como brega wave, naquele que considera o seu registo mais directo e tropical. O alinhamento até inclui uma versão de "Você Vai Ver", da dupla sertaneja Zezé Di Camargo & Luciano, mas é especialmente convincente em "FAKE", candidata a hino viral enquanto retrata o narcisismo em rede, ou nos sintetizadores irresistíveis da dançável "Cansei de Você".

 

 

Produzido por Leo D., teclista dos Mundo Livre/SA, e Benke Ferraz, guitarrista dos Boogarins, o disco junta a voz de Ferro à de Otto, Duda Beat, Mel (da Banda Uó) e Hiran. Os dois últimos participam em "TOLERÂNCIA ZERO", a nova aposta promocional e uma das canções reveladoras da faceta mais politizada do seu autor nesta nova fase.

 

Manifesto contra a homofobia, o tema surge acompanhado de um lyric video com imagens de arquivos públicos (norte-americanos, africanos e brasileiros) de militância LGBTQIA+. "Imagens de amor, de luta e afecto da nossa comunidade LGBTQIA+. Pra mostrar como todo o nosso amor é tão amor quanto qualquer forma de amor", defende.

 

 

Além de "TOLERÂNCIA ZERO", fica aqui o videoclip de um dos primeiros singles do disco (e talvez o tema mais popular até agora), "ACABAR A BRINCADEIRA", e também o de "O MEDO EM MOVIMENTO", um dos melhores momentos do álbum de estreia: