Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Uma estreia nada desastrosa

slovenlie

 

Electrónica metronómica da escola Nine Inch Nails, voz sussurrante a deixar saudades de Shirley Manson na fase inicial dos Garbage, texturas nebulosas que acomodam uma letra com algumas farpas ("It’s not your fault that you’re weak, it’s just your nature/ You only get by ‘cause you look good on paper").

 

Assim se apresenta SLOVENLIE na sua primeira canção, "DISASTER", exemplo de uma pop densa e de contornos industriais que não rejeita, apesar de tudo, a intromissão de teclados house lá para o final - e que aproxima a britânica de outros projectos recentes nascidos de vozes femininas, sintetizadores e pulsão rock, como os SPC ECO ou Brody Dalle.

 

A escolha dos produtores do disco - Neil McLellan (Prodigy) e Steve Dub (Chemical Brothers, Leftfield) - sugere que as canções sucessoras deverão chamar electrónica e guitarras, provavelmente com mais vestígios dos anos 90. Por agora, fica um tema capaz de espicaçar a curiosidade em torno da cantora de Newcastle, já com videoclip necessariamente atmosférico:

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.