Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

gonn1000

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Muitos discos, alguns filmes, séries e livros de vez em quando, concertos quando sobra tempo

Uma (nova) vida de acordo com o seu desejo

Julia-Sophie.jpg

JULIA-SOPHIE fez-se notar ao lado dos Little Fish e dos Candy Says, duas bandas da cidade onde reside, Oxford, que contaram com a sua voz e composição desde inícios do milénio. Mas no ano passado a francesa que se mudou para Inglaterra há muito arriscou o primeiro passo a solo, com os quatro temas do EP "y?". O disco apresentou um grande single, "breathe", e sublinhou um belo recomeço a partir de uma pop electrónica atenta às texturas sem esquecer a melodia - inspirada pela música e percursos de Bat for Lashes, FKA Twigs ou Grimes.

Felizmente, a aventura em nome próprio vai continuar rumo a pelo menos mais um EP, ainda sem título nem data de edição, embora já haja um tema novo a descobrir. Revelado há poucos dias na compilação "Slow Dance '20", da editora londrina Slow Dance Records, "I WISH" leva a indietronica etérea do disco de estreia para domínios mais agrestes e experimentais, próximos do shoegaze (e de bandas como os School of Seven Bells ou I Break Horses), numa mudança que a sua autora descreve como uma tentativa de romper com a estrutura clássica da canção.

Esta viragem que procura outras formas sonoras não só vai dominar as próximas composições como resulta de uma ruptura na vida pessoal, explica JULIA-SOPHIE nas redes sociais. "A vida e o amor têm a sua própria jornada, não há regras e não devemos esperar nenhuma estrutura. O amor, a vida e a arte devem ser livres", assinala, acrescentando que o processo criativo dos últimos meses a ajudou a encontrar a sua verdade e a deixar de se sujeitar à que os outros desejavam para ela. Missão cumprida, ou pelo menos muito bem encaminhada num single tão estimulante como este: